quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Bib-people (B)

Gostou muito do concerto dos Metallica/Slipnot, apesar de ter os Pearl Jam como o gáudio dos seus prazeres auditivos.
Este mês falamos de alguém que nos chega da capital do império, Lisboa.
De sua graça Susana Prazeres, a nossa simpática professora de Geografia, por contingência de horário, acabou com umas horitas na biblioteca. Como em quase todos os casos, a paixão por este trabalho acabou por transformar uma simples questão de horário numa gestão de prazeres (passo a redundância) laborais. Refere-se, mesmo, à biblioteca como uma experiência nova, um novo desafio, bastante gratificante graças à diversidade de tarefas (temáticas) que acaba por desenvolver. Acaba por fundir a sua área de conhecimento com a dinamização do Clube da Europa, que muito engrandece o espaço-parede da nossa biblioteca, uma vez que quinzenalmente será divulgado um dos países que a União Europeia comporta. Desde já que fica o convite para visitar a exposição inicial sobre Espanha, o país que inicia a actividade - Portugal ficará para o fim, para coincidir com as comemorações do 10 de Junho. Recomenda a visita ao site:
onde se encontram bastantes actividades para os nossos alunos, como jogos, questionários e um valioso banco de dados sobre os diferentes países.
Ainda sobre o Clube da Europa, informa que já foram visitar o Centro de Convergência da Aldeia das Amoreiras, no âmbito de um concurso promovido pela Comissão Europeia, da qual resultaram alguns registos video-fotográficos. Deste Centro destaca a capacidade de dinamização e interacção com a cultura local, de onde resultam jantares típicos, um mural pintado por autóctones e, já agora, a página onde muito mais pode ser encontrado, a saber:
Tendo no currículo de vida a diversidade de um curso de Agricultura Biológica e outro de Monitor de Natação, define-se como ambientalista (é até sócia da Liga para a Protecção da Natureza) e tem como particularidade alimentar o não comer carne.
Como professora já passou por locais diversos como Leiria, Sardoal, Lisboa, Vidigueira e Mértola e chega a Colos como que a realizar um sonho antigo de vir para o litoral alentejano.
Deixa-nos o convite para visitar a biblioteca salientando a existência de enciclopédias geográficas, livros (cito) "super interessantes" e, claro, as exposições que dinamiza com os alunos do Clube da Europa.

Sem comentários: