sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Provérbios à nossa moda


Livro mole em testa dura, tanto bate até que fura
Quem semeia livros colhe leitores
Guarda que comer, não guardes que ler
Todos os caminhos vão dar a uma biblioteca
Ler não engorda
O livro proibido é o mais apetecido
Frio a valer, livro para aquecer
Ler cedo e cedo escrever dá saúde e faz crescer
Se conduzir não leia; espere até chegar a casa
Há mar e mar, há ler e pensar
A livro dado não se olha ao título
Quem lê por gosto não cansa
É leve o livro para quem gosta de ler
Ler e gostar, é só começar
Folha a folha enche o leitor o papo
O pior cego é aquele que não quer ler
Leitor que lê um livro, lê um cento
Não há livro sem leitor
A ocasião faz o leitor
Em terra de analfabetos, quem sabe ler é rei
Abril, leituras mil
Quem muito lê, muito acerta
Mais vale um livro na mão do que dois numa montra
Quem muito lê, sempre alcança
Quem se deita a ler, acorda renovado
De pequenino se lê um livrinho
Maria leitora livro que vê logo devora
Livro adquirido, sono perdido
Livros folheados, interesses renovados
Os livros são como as cerejas
De livro fechado, não sai letrado
Leitura é formosura

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Natal


A equipa da Biblioteca Escolar deseja a todos um Feliz Natal!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Fotos Fantásticas da nossa Feira









Esta foi mais uma oportunidade de levar um novo livro para ler em casa, oferecer ou simplesmente folhear...
A comunidade escolar afluiu, comprou e deu a sua opinião.
O nosso obrigado.

Cartaz da Feira do Livro

Este foi o cartaz seleccionado para publicitar a nossa Feira do Livro.
Parabéns ao André Ribeiro, nº7, da turma do 7º A!!!!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

"Aconteceu em Relíquias" já tem vencedor

O júri do concurso de escrita criativa "Aconteceu em Relíquias", constituído pelos professores Ana Balagueiras, Fernando Nascimento, Fernando Évora e Helena Godinho, agradece a colaboração de todos os participantes. Sublinha o elevado número de obras a concurso e, sobretudo, a qualidade das mesmas, o que tornou muito difícil a escolha da obra premiada.
Após análise detalhada de todos os textos, decidiu o júri atribuir o prémio à aluna Maria Inês Gonçalves, do 9ºA. No entanto, resolveu acrescentar a atribuição de uma menção honrosa à aluna Inês Guerreiro, do 9ºB. Esta decisão foi tomada por maioria.