quarta-feira, 5 de novembro de 2008

TEMPINHO DO LIVRO





Uma grande amiga, já há alguns anos, “apresentou-me” a colecção de contos tradicionais da escritora Alice Vieira.
A forma como esta escritora reconta estes contos, torna a sua leitura muito atractiva e faz nascer no leitor uma vontade de partilhá-los.
Reconheço pois, caro leitor, que contar um destes contos é sempre um prazer!
- Queres ouvir que eu conto?
Então, pode ser o “Desanda Cacete”. É um conto cheio de acção, magia, espionagem (estou a brincar!), mas é um conto muito bonito e “sempre a abrir” (desculpem a expressão).
Os alunos do 1º ciclo de Amoreiras Gare passaram por cá e apreciaram bastante o conto. Voltem sempre amiguinhos


Mena

Sem comentários: